Inocência


Arte e Sensibilidade 
1) Toda a arte se baseia na sensibilidade, e essencialmente na sensibilidade.
2) A sensibilidade é pessoal e intransmissível.
3) Para se transmitir a outrem o que sentimos, e é isso que na arte buscamos fazer, temos que decompor a sensação, rejeitando nela o que é puramente pessoal, aproveitando nela o que, sem deixar de ser individual, é todavia susceptível de generalidade, portanto, compreensível, não direi já pela inteligência, mas ao menos pela sensibilidade dos outros.
4) Este trabalho intelectual tem dois tempos: a) a intelectualização directa e instintiva da sensibilidade, pela qual ela se converte em transmissível (é isto que vulgarmente se chama "inspiração", quer dizer, o encontrar por instinto as frases e os ritmos que reduzam a sensação à frase intelectual (prim. versão: tirem da sensação o que não pode ser sensível aos outros e ao mesmo tempo, para compensar, reforçam o que lhes pode ser sensível); b) a reflexão crítica sobre essa intelectualização, que sujeita o produto artístico elaborado pela "inspiração" a um processo inteiramente objectivo — construção, ou ordem lógica, ou simplesmente conceito de escola ou corrente.
5) Não há arte intelectual, a não ser, é claro, a arte de raciocinar. Simplesmente, do trabalho de intelectualização, em cuja operação consiste a obra de arte como coisa, não só pensada, mas feita, resultam dois tipos de artista: a) o inspirado ou espontâneo, em quem o reflexo crítico é fraco ou nulo, o que não quer dizer nada quanto ao valor da obra; b) o reflexivo e crítico, que elabora, por necessidade orgânica, o já elaborado.
Dir-lhe-ei, e estou certo que concordará comigo, que nada há mais raro neste mundo que um artista espontâneo — isto é, um homem que intelectualiza a sua sensibilidade só o bastante para ela ser aceitável pela sensibilidade alheia; que não critica o que faz, que não submete o que faz a um conceito exterior de escola ou de moda, ou de "maneira", não de ser, mas de "dever ser".

Fernando Pessoa, in 'Carta a Miguel Torga, 1930'



35 comentários:

José Maria Lobato disse...

Olá cara amiga Rosana!!!
Desejo-lhe um Feliz Dia da Mulher, o mundo decerto seria bem diferente, e para melhor, se comandado por mulheres!!!
Beijinhos, Zé Maria

Luz disse...

Que ternura un bello trabajo de arte!

Marinela disse...

Rosana,¡Que preciosa pintura llena de ternura y amor! Me gusta mucho el tema que has escogido, los niños siempre tan tiernos y traviesos.

Un abrazo.

Lena Gomes disse...

Obrigada pela visita, e parabéns por sua arte, também!

MIMOSA disse...

Me gusta!! Es preciosa esta pintura!
Besos y un abrazo

Carlos Rivera Fotógrafo de Guayaquil disse...

Hermosisima Rosana amiga.

Anônimo disse...

Prezada artista, é com grande satisfação que estou conhecendo seus trabalhos e quero dizer que fico emocionado de ver tanta perfeição em seus trabalhos, sem falar das musicas que escolheu como trilha sonora para seu blog.
Pode ter certeza que voltarei mais vezes para visitar.
Com carinho
Nonato Navarro/Belém-Pará

Anônimo disse...

Ro, que lindo esta pintura, ternura e amor.
Beijos.

Ana Rosa.
AGU/DF

[handmade+art] x2 disse...

AMAZING!BEAUTIFULL!

Victor Ângelo disse...

Ser criança é legal
Ser criança é radical.

Ser criança é bagunçar
E depois arrumar tudo
Logo vai crescer
E vai virar um adulto
Vai arrumar um emprego.

Ser adulto
É pagar contas
Que nunca vão terminar.

Victor Ângelo disse...

Excelente pintura, excelente analise. O pior atentado ao ser humano é barrar-lhe o crescimento.
Parabens por esta excelente pintura
beijos

Victor Ângelo disse...

Rosana não segue as pegadas de outros pintores, tendo criado o seu próprio estilo. Na sua pintura adivinha-se a vibração e o sentimento que lhe vai na alma tendo o mérito de nos transmitir toda a sua sensibilidade, força e delicadeza. A medida que melhor vemos a sua obra, melhor compreendemos os temas que lhe serviram de inspiração. Na simplificação de sua técnica, cria uma cumplicidade, levando-nos a destacar os pontos emblemáticos do motivo. Para mim é difícil catalogar a pintura de Rosana, merecendo esta de todos nós uma atenção especial.

"Fer" disse...

Hola!, perdón por la tardanza de mis respuestas y saludos, Gracias por visitar ahora nuestro blog,me quedaré dando vueltas por tu casa, así que cuando quieras venir a visitarme acá estaré, saludos y desde ya tienes una nueva seguidora. Saludos totales

Malu disse...

Sempre belas imagens para se ver, por aqui!
Abraços

Anônimo disse...

Querida Rosana, encantado pelo seu trabalho por conhecer seu lado artístico, suas obras sao divinas.
Beijão

Marcílio Novaes
Brasília/DF

Juan Antonio Torron Castro disse...

Me gusta mucho, es muy artístico, una buena idea.

Saludos.

UM TOQUE SUAVE... disse...

Linda esta pintura.
Estive aqui um pouco consigo.
Beijinhos e bom fim de semana
Irene

Lis disse...

Ola Rosana, seu trabalho é incrivel, parabens e muito sucesso! Abraços da Lis

Anônimo disse...

Olá Rosana, estou admirado com seu talento, voce é uma artista de alto nível.Voltarei.
Beijao

Marcio
Rio de Janeiro

Ana Martins disse...

Lindíssimo, criativo e muito original, parabéns!

Beijinho,
Ana Martins

Fanzine Episódio Cultural disse...

COMO PARTICIPAR NAS EDIÇÕES DO EPISÓDIO CULTURAL?
O Fanzine Episódio Cultural é um jornal bimestral sem fins lucrativos, distribuído gratuitamente no sul de Minas Gerais, São Paulo (capital), Salvador-BA e Rio de Janeiro. Para participar basta enviar um artigo sobre esporte, moda, sociedade, curiosidades, artesanato, artes plásticas, turismo, biografias, livros, curiosidades, folclore, saúde, Teatro, cinema, revistas, fanzines, música, fotografia, mini contos, poemas, etc.
Contato: Carlos (editor)
(35) 3295-6106
(35) 8833-9255
machadocultural@gmail.com

http://www.fanzineepisodiocultural.blogspot.com
Facebook: http://www.facebook.com/profile.php?id=1464676950&ref=profile
Contatos:

dale calor disse...

que bonito, me encanta ese cuadro. Tiene un poquito de todo, arte sin duda, sentimiento, inocencia, original, vamos una pasada.

saludos

http://dalecalor.blogspot.com

taio disse...

superbbbbbb

RAKU. disse...

q dulce, muy bonito, saludos

guru martins disse...

...é uma dádiva
tudo mais
a gente compra
e adquirimos
a culpa...

bj

Werner disse...

wunderschönes Bild, tolle Idee!!


Liebe Grüße Werner

LE CHEMIN DES GRANDS JARDINS disse...

Un passe-muraille artiste qui te veut du bien !

Roger

Fundação Museu das Pedras (ASSMUPE) disse...

É impressionante a riqueza do seu blog.
Magníficas telas que passam um leveza, é uma viagem passar aqui.
Abraço!

Jeferson Cardoso disse...

Oi, Rosana! Obrigado por sua atenção ao meu blog e pelo gentil comentário! Pessoa é sempre profundo, intenso, lindo. Leio e sinto tudo; fico maravilhado! Abraço do blogueiro amigo!

genetticca disse...

Gostei de mais.

Beijos menina.

genetticca disse...

Gostei de mais.

Beijos menina.

genetticca disse...

Gostei de mais.

Beijos menina.

Graça Pereira disse...

Um quadro lindissimo: pelo seu significado e arte.
Passeei na tua "galeria" e deliciei-me e por isso, vou ficar por aqui.
Mil beijos
Graça

Silenciosamente ouvindo... disse...

Fernando Pessoa foi único.
Um beijinho

Lilian Marson disse...

Olá Rosana,que maravilha as suas telas!!!É tudo muito inspirador para mim,esta "Inocência",uma beleza.Estou muito grata pela visita.Fique com o Senhor...Lili.