Quadro de Frutas- Aplicação com vidro líquido

4 comentários:

Anônimo disse...

Nesta pintura procuro analisar algumas das simbologias da maçã. Apesar de outros frutos estarem associados ao pecado original, como o figo e a uva, a maçã a partir do século XIII passou a ser a principal representação da transgressão de Adão e Eva no Éden. A ingestão do fruto proibido significou a possibilidade de atingir o conhecimento através do livre-arbítrio, mas também levou ao sofrimento (a expulsão do local divino, a necessidade do trabalho e as dores no parto). Em outras culturas, como a germânica, para obter a sabedoria o deus Wotan abdicou da visão de um dos olhos e ficou nove dias pendurado na árvore Yggdrasil sem comer ou beber. A maçã também está ligada ao simbolismo da árvore, eixo do mundo, associada à cruz e a Cristo. Como se acreditava que o conhecimento vinha do alto, uma metáfora era a arbor inversa, cujas raízes estão no céu, sendo Cristo o mais belo fruto enviado pelo céu (Deus) à terra (Maria).
Outro simbolismo da maçã é a de Insula Pomorum, reino do Outro Mundo repleto de abundância e prazeres, descrito por Geoffrey de Monmouth no século XII como local onde ao vez de grama o solo é coberto por maçãs. Na mitologia céltica, esta fruta simboliza a magia, a imortalidade e o conhecimento. Para os medievais era confortante o sentido da maçã como Ilha dos Bem-aventurados, possibilitando o acesso dos indivíduos num mundo semelhante ao paraíso e que se localizava paralelamente ao mundo terreno. Já segundo à Igreja, só depois da morte e da passagem pelo purgatório, os indivíduos purificados poderiam aspirar à felicidade eterna.

Inspire Others disse...

Hola Rosana,
Me gusta esta, great "Still Life" Quiero invitarte a que te unas a esta communidad de Blogs LOVE THAT BLOG! y Link Up tu blog alli junto a otros extraordinarios y talentosos blogs. Espero verte pronto y sigue creando bellas pinturas para nosotros tus seguidores admirarlas. INSPIRE OTHERS
MoMeMa

Marina-Emer disse...

estas frutas estan para comerlas besos
Marina

LE CHEMIN DES GRANDS JARDINS disse...

Cette nature morte aux fruits nous raconte comment tu vis cet été gourmand et cette représentation délicieuse est une véritable tentation.

Roger