Casa de Pescador



29 comentários:

Anônimo disse...

A Amazônia nos proporciona algumas das mais belas imagens do mundo.
É A Selva a obra que mais coincidências oferece com a vida do autor, apesar dos elementos fictícios. Tal como Alberto, Ferreira de Castro também emigra para Belém, capital do Pará, recomendado a um conterrâneo, que logo se descarta da responsabilidade de o sustentar, enviando-o para o seringai Paraíso, numa das margens do rio Madeira, no alto Amazonas. Mas enquanto Ferreira de Castro emigra com apenas 12 anos, após a conclusão do ensino primário, Alberto é um jovem estudante do 4.º ano de Direito e tem 26 anos, quando se vê forçado a ir para Espanha e daí para o Brasil, para fugir à perseguição de que são alvo os monárquicos, após a derrota de Monsanto. No caso de Alberto, é um tio que o recebe em Belém do Pará e que o convence a ir para o seringai Paraíso.
Leiam este belo livro
Agradeço ter a gd amizade desta talentosa Artista Plastica

Anônimo disse...

Parabéns pela obra , é simplismente fantastica, sem comentarios, sou um grande admirador de seu trabalho

cecilia disse...

Oi!!!!!!
eu vim visitar você
Adoro os seus trabalhos são fantásticos.
Tudo de Bom.
Bjnhos
Cecília

S.M disse...

Esse quadro, transmite uma paz tão grande!
Lindo de viver!
Bjos

Carla disse...

Wow! Belissima tela!
Excelente tema, gosto do que é simples,
e nesta tela posso até ouvir o cantar dos
pássaros.
Esta imagem transmite paz interior.
beijos.
Ah, obrigado por seguir o meu blog de artes digitais, e te convido a visitar também o blog que tenho de telas.

Mariano P. Sousa disse...

Nossa!
É impressionante a riqueza do seu blog.
Magníficas telas que passam um leveza, é uma viagem passar aqui.
Abraço!

MIMOSA disse...

Ojalá no dejen de existir nunca lugares tan hermosos como éste que nos muestras.
La sencillez en medio de tanta grandiosidad reflejada en esa frondosidad.
De veras que tienes un lugar hermosos y el arte en tus manos.
Hoy me quedé un ratito más y escuché la música, y me ha encantado la de Ana Carolina y Seu Jorge, ufff es música que llega al alma.
Besos y abrazos.

lemaposerra disse...

Que a Paz que esse quadro transmite permaneça.

Feliz Ano Novo!

Anônimo disse...

Beleza em teus quadros e em teu blog.
Abraços

Adri-RJ

Angela Ursa disse...

Viva a nossa Amazônia, com sua maravilhosa floresta. Que em 2011 ela seja mais protegida das agressões dos desmatamentos! Beijos floridos da Ursa :)) Um Feliz 2011 para você!

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo trabalho...Espectacular....
Feliz Ano Novo....
Cumprimentos

Regina Coeli Carvalho disse...

Sua tela é de um lirismo inspirador. Um novoano de grandes conquistas e TransformAções.
Meu carinho.

Angela disse...

Suas telas tem vida, tem cheiro... entro dentro delas, e saio numa viagem quando venho aqui... e parece que tem até a brisa...

estive distante do blog, somente hoje retornei e vi tua mensagem.Obrigada pelo carinho!E eu te desejo que teu ano seja pintando com as cores dos teus sonhos!

abraços!

Angela

Maestro Eric disse...

El planeta necesita de una tarea grupal de amor; humildad; servicio y misericordia. No se necesitan individualidades protagonicas. Se necesita de un trabajo en comunion. Lo que importa es el mansaje manifestado en la accion solidaria de cada dia y no el mensajero. Todos somos uno en la luz, en el amor y en el servicio al cumplimiento de la voluntad del padre.

http://www.aguilasdecristo.org
http://www.facebook.com/aguilasdecristo
http://www.youtube.com/aguilasdecristo7
http://www.taringa.net/perfil/aguilasdecristo7
http://twitter.com/aguilasdecristo

Victor Ângelo disse...

Da minha janela
Passei horas e horas,
olhando pela minha janela,
procurando algo que eu ainda não soubesse.
Algo novo que eu não conhecesse
uma forma de fugir da rotima que me condena a alma,
Através da minha janela.
Observei passarinhos cantando suas canções,
cachorros latindo para gatos,
o zumbido da moto na estrada ao lado, sem emoções...
a criança brincando de esconde-esconde no quintal,
nada lhe faria mal,
pois seus pais estavam alí, cuidando dela...
Observei o velhinho levando a velhinha pela mão
sorrindo um para o outro, nem pareciam tão velhinhos assim
com tanta ternura nos olhos, quanta compaixão...
eu gostaria de ter um futuro assim...
Suspirei para o relvado verde,
acariciado pelo vento que vinha para minha janela...
devia fazer isso mais vezes...

Bom final de semana
VA

Victor Ângelo disse...

A AUSÊNCIA DAS CORES

NA MINHA PAREDE,

ÀS VEZES ME DÁ MEDO.

UM MEDO ESTRANHO.

MEDO DE NÃO ver

AS CORES DO ARCO-ÍRIS,

MEDO DE ESQUECER

AS CORES DAS CORES,

MEDO DE NÃO CONSEGUIR

TERMINAR DE PINTAR

A MINHA PAISAGEM.

EL AVE PEREGRINA disse...

Beleza de pintura, é como ollala in situ.

Parabéns por esta preciosidades.

Unha aperta dende Galicia.

manuel aldeias disse...

Que sentimento maravilhoso de paz que esse quadro nos transmite.
Simplesmente belo.

MIMOSA disse...

¡Guau! Me encantan esos girasoles!
Veo que ya puedo llegar hasta aquí, será un placer seguirte.
Un abrazo.

Rosa Carioca disse...

Vim agradecer a visita e fiquei encantada com tudo o que vi.
Não sou crítica de arte, nem especialista, nem artista (muito pelo contrário, nem sei desenhar...). A única coisa que sei, é dizer se gostei ou não. Adorei! Amei! Todas as obras são belíssimas. Nunca pare e obrigada por partilhar.

Deusa disse...

Olaaaaa
Obrigada pela visita
Gostei muito do seu trabalho
Vamos trocar muitas " figurinhas" ...rsrs
Parabens
Um abraço carinhoso
Lilian

acácia rubra disse...

Gostei de vir aqui e descobrir a artista, a sensibilidade e a cor.

Não sou da área. A minha é a Língua Portuguesa e o ensino dela, mas senti-me em comunhão pela beleza. E o Belo é o nosso caminho.

Voltarei sempre e com prazer.

Beijo

Gislene disse...

Olá!

Lindas tuas pinturas, Parabéns!
Vim retribuir seu carinho!
Obrigada!
Te sigo com alegria!

Um abraço,

Gislene.

onzepalavras disse...

Feliz 2011 para todos nós. Obrigada pelos votos de paz. Ana

Rayén disse...

Hermosa la pintura de la casa del pescador, al igual, que los colibríes y las flores.Un bello entorno natural

FELIZ 2011.Un abrazo.

PD. Pasa por http://unrinconcitoespecial.blogspot.com
quiero compartir contigo el Premio al Blog con Ternura.

Victor Ângelo disse...

Com secular sabedoria, afoiteza;
Porfias, honrado, o teu ganha pão…
As redes em tuas mãos, com destreza;
Lanças, acompanhadas de oração.

Victor Ângelo disse...

Pescador da barca bela,Onde vais pescar com ela,Que é tão bela,Ó pescador?
Não vês que a última estrela. No céu nublado se vela?Colhe a vela,Ó pescador!
Deita o lanço com cautela,Que a sereia canta bela...Mas cautela,Ó pescador!
Não se enrede a rede nela,Que perdido é remo e velaSó de vê-la,
Ó pescador!
Pescador da barca bela,Inda é tempo, foge dela,Foge dela,Ó pescador!

Michele P. disse...

Queria um lugar deste para chamar de meu! ;-) Linda paisagem, lindo quadro!

Anônimo disse...

Sou a floresta e o rio preso naquela pintura,
Sou a parede branca suja por crianças,
Sou o hotel das pessoas de ontem,
Sou a música, sou a alma, tenho alma
[E um lápis
Sou um profeta do futuro,
Sou a casa da vizinha, você olha, mas não quer ver,
Sou a luz acesa, mas às vezes apago,
Sou o vaso quebrado e jogado e colado,
Sou da cor do céu, mas meu humor define qual tom,
Sou a poesia sem poeta,
Sou o cheiro que não senti da flor,
Sou intenção, me inventei e agora sou.